Arquivo do mês: fevereiro 2011

Random Access Music

Alô para todos.

Depois de alguns dias de silêncio, é hora do nosso blog fazer um pouco de barulho. Com vocês, o primeiro “single” da minha “banda virtual”: Random Access Music.

Continuar lendo

1 comentário

Arquivado em Artes (ou não), Músicas

And the Oliver goes to…

Bem amigos do PseudoArte, o pinguim mais amado da minha geladeira está aqui para inaugurar uma nova sessão no nosso blog:
Com a palavra, o gênio, o mito. Oliver! Continuar lendo

4 Comentários

Arquivado em Oliver, Textos, The Oliver Awards

Plantão PseudoArte URGENTE

Que soem as trombetas! Rufem os tambores! 112 desocupados contabilizados em nosso bisbilhotômetro!

É com grande orgulho e imensa alegria que estamos aqui comunicando mais esta memorável vitória deste intrépido blog que vos fala. Continuem acompanhando, e não esqueçam de deixar seus recadinhos para a “super-carente-e-com-sérios-problemas-de-auto-rejeição” equipe PseudoArte  .

Sua mensagem é muito importante para nós.

Deixe um comentário

Arquivado em Outras Bagaças, Plantão Pseudoarte Urgente

Plantão PseudoArte URGENTE

Atenção, atenção!

Os desocupados que acompanham nosso medidor de bisbilhotagens já devem ter percebido; estamos prestes a atingir a primeira grande marca em nossa escalada para o sucesso. O PseudoArte 2.0 aproxima-se do memorável “score” de 100 visitantes!

Então todos à postos, acompanhando a contagem progressiva e aguardando o tão esperado momento de estourar os guaranás.

Sim, guaranás. A champanhe nós vamos guardar para os mil visitantes.
Mas nada de comprarem daquele genericão, o da garrafa de 3 litros e meio, heim!

1 comentário

Arquivado em Outras Bagaças, Plantão Pseudoarte Urgente

PseudoArte orgulhosamente apresenta… FUCKITTER!

O PseudoArte traz até VOCÊ o mais revolucionário e inovador serviço on-line de utilidade pública e maledicência privada. Se alguém o aporrinha,enche o vosso saco, ou simplesmente é um ser escroto e detestável, FUCKITTER nele! Com FUCKITTER você pode ir à forra, se vingar, azucrinar, desancar e passar o cerol em cima de toda essa gentalha que faz do SEU mundo um lugar pior para se viver. E tudo isto sem perder a “catiguriaaaa”! Continuar lendo

6 Comentários

Arquivado em Artes (ou não), Desenhos, Oliver, Qualquer Coisa, Textos